Revista Brasileira de

Terapias e Saúde



Viviane J. Bolfe Azzi, Naudimar di Pietro Simões. Aplicação da Laserterapia no Tratamento de Queimaduras: uma Revisão Sistemática. Revista Brasileira de Terapias e Saúde, v. 3, n. 1, p. 15-26, 2012.

DOI icon 10.7436/rbts-2012.03.01.03 PDF



Resumo: Contextualização: As queimaduras estão entre as mais graves de todas as lesões, com consequências física e emocionais que requerem tratamento multidisciplinar por longos períodos. O Laser de baixa intensidade tem sido empregado para acelerar o processo de cicatrização dessas lesões, porém sua eficácia ainda é discutida. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática sobre a aplicação da Laserterapia no tratamento de queimaduras. Métodos: Análise estruturada de publicações dos últimos cinco anos em periódicos indexados nas bases PUBMED, LILACS, SciELO, PEDro, Chocrane e Periódicos CAPES, usando como palavras-chave de busca: electrotherapy, phototherapy e Laser therapy, combinadas com healing of burns ou wound healing. Resultados: Nove artigos preencheram os critérios metodológicos. Todos utilizaram roedores como amostra. As queimaduras foram realizadas com óleo quente, material incandescente ou vapor d’água. Análise microscópica, microbiológica e de contração da ferida foram enfatizadas. Diferentes comprimento de onda, densidade de energia e modo de aplicação do Laser foram avaliados. Conclusão: O Laser acelera o processo cicatricial, podendo atuar em todas as fases dependendo do comprimento de onda e da densidade aplicada. A aplicação pontual é a mais utilizada, porém deve-se adequar a dose para evitar lesões adicionais. Não há evidências suficientes para embasar a ação bactericida e nem o efeito sistêmico da terapia. Os macrófagos reagem de forma diferente dependendo dos parâmetros da irradiação.

Palavras-chave: Queimaduras, Lasers, Cicatrização

Abstract: Background: Burns are among the most serious of all injuries, with physical and emotional consequences that require multidisciplinary treatment for long periods. The Low-level Laser therapy has been used to accelerate the healing process of these injuries, but its effectiveness remains uncertain. Objective: To conduct a systematic review on the application of Laser therapy in the burns treatment. Methods: Structured analysis of publications of the last five years in indexed journals in the databases PUBMED, LILACS, SciELO, PEDro, Cochrane and CAPES Journals, using as search keywords: electrotherapy, phototherapy and Laser therapy combined with wound healing of burns or healing. Results: Nine researches met the methodological criteria. All rodents used as a sample. The burns were performed with hot oil, incandescent material or boiling water. Microscopic, microbiological and wound contraction analysis were emphasized. Different wavelength, energy density and method of application of the Laser were evaluated. Conclusion: The Laser accelerates the wound healing process and may act in all phases depending on the wavelength and density applied. The punctual application is most used, but should adjust the dose to prevent additional injuries. There is insufficient evidence to support the bactericidal action or the systemic effect of the therapy. Mast cells react differently depending on the parameters of irradiation.

Keywords: Burns, Lasers, Wound healing


Omnipax Editora
omnilogo