Revista Brasileira de

Terapias e Saúde



Janaina Alves Louro, Naudimar di Pietro Simões, Talita Gianello Gnoato Zotz. Estudo dos Efeitos da Manipulação Miofascial em Aderência Cicatricial de Pós-Operatório Tardio. Revista Brasileira de Terapias e Saúde, v. 3, n. 1, p. 27-32, 2012.

DOI icon 10.7436/rbts-2012.03.01.04 PDF



Resumo: Contextualização: As aderências cicatriciais se formam devido ao crescimento acelerado e desorganizado de fibras de colágeno no local interno da cirurgia, unindo tecidos que normalmente deveriam estar separados, formando infiltrações fibrosas nos tecidos. Objetivo: Avaliar a aplicação da massagem terapêutica, utilizando as manobras de fricção transversa profunda e compressãoamassamento com a finalidade da redução de aderências de um pós-operatório tardio de esternocondroplastia para correção de Pectus Excavatum. Métodos: Foram realizados 10 atendimentos fisioterapêuticos, três vezes por semana, com duração de 45 minutos cada, em um indivíduo de 26 anos de idade na cidade de Curitiba-PR, com 13 anos de pós-operatório, seguindo o protocolo: 15 movimentos de fricção transversa profunda e 15 movimentos de compressão-amassamento a cada 2 cm2, até compreender toda a área acometida. Foi realizada avaliação a fim de verificar o grau de aderência ao início do tratamento e para fins comparativos, ao término do tratamento foi realizada uma reavaliação. Para facilitar a comparação inicial e final da aderência foi elaborada uma classificação do grau de comprometimento da mobilidade tecidual com base na palpação. Resultados: Pode-se observar que em 7 (sete) pontos determinados com aderência, houve um aumento da mobilidade tissular, além de redução da dor da escala de 7 (sete) para 1 (um). Conclusão: as técnicas de massagem terapêutica, através das manobras de fricção transversa profunda e compressão-amassamento, pode ser mais uma ferramenta na redução aderências cicatriciais e da dor em pós-operatório tardio de esternocondroplastia para correção de Pectus Excavatum.

Palavras-chave: Fisioterapia dermatofuncional, Aderências cicatriciais, Massagem terapêutica, Fricção transversa profunda.

Abstract: Background: The cicatricial adhesions are formed due to the accelerated and disorganized growth of the collagen fibers in the internal location of the surgery, joining tissues that would normally be separated, forming fibrous tissue infiltration. Objective: To evaluate the effectiveness of the application of massage therapy using maneuvers deep transverse frictional and compression-bulging with the aim of reducing adhesions after surgery for a late sternochondroplasty for correction of Pectus Excavatum. Methods: 10 attendances physiotherapy were carried out, three times a week, lasting 45 minutes each, on a 26 year old guy in the city of Curitiba-PR, with 13 years of post-operative care, following the protocol: 15 deep transverse friction moves and 15 bulging compression movements, at each 2 cm2, to understand the whole area suffered. The evaluation was carried out in order to verify the degree of adherence to the beginning of the treatment and for comparative purposes, at the end of the treatment has been carried out a reassessment. To make it easier to compare the starting and ending of grip was drawn up a classification of the degree of commitment of tissue mobility based on palpation. Results: It was observed that in some regions involved, there was a increased mobility tissue. Conclusion: The feature used can be one more tool in reducing cicatricial adhesions of a post-operative period of sternochondroplasty for correction of Pectus Excavatum.

Keywords: Physical therapy, Functional dermatology, Cicatricial adhesions, Therapy massage, Deep transverse frictional.


Omnipax Editora
omnilogo