Revista Brasileira de

Terapias e Saúde



Saulo Fabrin, Odinê Maria Rêgo Bechara, Evandro Marianetti Fioco, Danilo Stefani Esposto, Eloisa Maria Gatti Regueiro, Simone Cecilio Hallak Regalo, Edson Donizetti Verri. Acupuntura Aplicada na Paralisia Facial de Bell com Base nas Ramificações do Nervo Facial. Revista Brasileira de Terapias e Saúde, v. 7, n. 1, p. 1-6, 2016.

DOI icon 10.7436/rbts-2016.07.01.01 PDF



Resumo: Contextualização: A obstrução na circulação de energia e sangue por fatores exógenos característicos da Paralisia Facial de Bell, provocam a desnutrição dos tecidos musculares faciais e por consequência deficiência motora. Objetivo: Avaliar o efeito da técnica de acupuntura aplicada nas ramificações do nervo facial por meio de análise eletromiográfica e da mímica facial. Metodologia: Participou do estudo um indivíduo do gênero masculino, 27 anos, com paralisia facial de Bell na hemiface esquerda há uma semana, submetido a análise da mímica facial e eletromiografia de superfície dos músculos orbicular da boca, frontal e esternocleidomastoideo, antes e após técnica de acupuntura, aplicada nos pontos: E3, E4, E5, E6, E7, IG20, ID18, VB14, Chengjiang e Ashi no trajeto das ramificações do nervo facial. Foram realizadas 8 sessões, duas vezes por semana, com agulhas Tsing aplicadas no trajeto do nervo facial e estimuladas manualmente por 20 minutos no sentido anti-horário. Resultados: Os resultados comparativos derivados da eletromiografia na hemiface esquerda, após realização das sessões de acupuntura, apresentaram para os músculos orbicular da boca, frontal e esternocleidomastoideo, redução do potencial de ação na condição clínica de repouso; redução do pontecial de ação nas condições clínicas de bico, projeção labial e flexão cervical e aumento do potencial de ação nas condições clínicas de piscar e elevar sobrancelha. Conclusão: Sugere-se, portanto, que a técnica de acupuntura aplicada com base nas ramificações do nervo facial reestabelece o equilíbrio energético como também a nutrição adequada dos tecidos na hemiface esquerda, devolvendo a evolução funcional do movimento e simetria adequada.

Palavras-chave: Paralisia facial de Bell, Eletromiografia, Acupuntura, Músculos faciais.

Abstract: Background: The obstruction in the movement of energy and blood by exogenous factors, a characteristic of the Bell’s facial palsy, results in malnutrition of the muscle tissues and motor impairment. Objective: To evaluate the effects of acupuncture on the branches of the facial nerve using electromyography (EMG) and facial expression images. Methodology: A 27-year-old man diagnosed with Bell’s facial palsy on the left side one week previously participated in this study. In electromyography, the electrodes were positioned on the frontal, orbicularis oris and sternocleidomastoid muscles; facial expression images were taken prior to and after acunpuncture inserted into the following points:E3, E4, E5, E6, E7, IG20, ID18, VB14, Chengjiang and Ashi along the facial nerve branches. Rehabilitation consisted of 8 sessions, twice a week, using Tsing needles stimulated anticlockwise for 20 minutes. Results: The EMG values obtained after the acupuncture sessions showed a decrease in the action potential of the muscles evaluated at rest; a decrease in the action potential of the muscles during beak, lip projection and cervical flexion; and an increase in the action potential of the muscles while blinking and raising the eyebrows. Conclusion: The results showed that acupuncture applied to the branches of the facial nerve can reestablish the energy balance as well as provide an appropriate nutrition in the tissues of the left hemiface, promoting an evolution of the functional movement and contributing to facial symmetry..


Keywords: Bell’s facial palsy, Electromiography, Acupuncture, Facial muscles.



Omnipax Editora
omnilogo