Revista Brasileira de

Terapias e Saúde



Catarina José, Maria Costa, Sandra Oliveira, Victor Varela Martins. Eficácia da Homeopatia no Tratamento da Cistite. Revista Brasileira de Terapias e Saúde, v. 8, n. 2, p. 13-17, 2018.

DOI icon 10.7436/rbts-2018.08.02.03 PDF



Resumo: Contextualização: A infecção urinária de repetição/cistite, é uma patologia que causa grande desconforto ao paciente, quealém da dor em si, afeta a rotina e qualidade de vida. A homeopatia por sua vez é um tratamento naturopático, que tem demonstrado benefícios em diversos desequilíbrios de saúde. Objetivo: Verificar a ação terapêutica da Homeopatia em um paciente do sexo feminino que apresenta patologia de infecções urinárias de repetição. Métodos: O tratamento ocorreu durante dois meses, sendo utilizados Colibacilinum 7 CH e 9 CH, Tuberculinum 9CH, Vaccinium myrtillus T.M, Serum anticolibalico D3, e Pilosella T.M. A avaliação foi realizada com questionários WHOQOL-bref e a Escala do Stress Percebido, nos momentos: antes, após 30 dias de tratamento, após 60 dias de tratamento e follow-up com 40 dias após o término do tratamento. Resultados: Ao efetuar uma análise dos dados recolhidos foi possível verificar que houve uma melhoria importante, pelo que o paciente deixou de referir os sintomas e constatou uma melhoria na qualidade de vida. Conclusão: O tratamento proposto com Homeopatia foi eficaz para cistite.

Palavras-chave: Estresse, Infecções urinárias, Homeopatia, Qualidade de vida.

Abstract: Background: Urinary infection of repetition / cystitis, is a pathology that causes great discomfort to the patient, which, in addition to pain itself, affects the routine and quality of life. Homeopathy, in turn, is a naturopathic treatment, which has shown benefits in health imbalances. Objective: To verify the therapeutic action of homeopathy in a female patient presenting recurrent infections to the urinary tract. Methods: Treatment was performed for two months, using Colibacilinum 7 CH and 9 CH, Tuberculinum 9CH, Vaccinium myrtillus T.M, D3 Anticholibalico serum, and Pilosella T.M. The evaluation was performed with WHOQOL-bref and the Perceived Stress Scale, at the moments: before, after 30 days of treatment, after 60 days of treatment and follow-up with 40 days after the end of treatment. Results: When an analysis of the data collected, it was possible to verify that there was an important improvement, reason why the patient no longer mentioned the symptoms and found an improvement in the quality of life. Conclusion: The proposed treatment with homeopathy was effective for cystitis.

Keywords: Stress, Urinary infections, Homeopathy, Quality of life.


Omnipax Editora
omnilogo