Revista Brasileira de

Terapias e Saúde


Áreas do conhecimento:

  • Fisioterapia
  • Terapia Ocupacional
  • Saúde Coletiva
  • Educação Física
  • Medicina Complementar Integrativa

Áreas temáticas:

  • Tecnologias em saúde: desenvolvimento de processos e recursos diagnósticos, desenvolvimento de métodos de avaliação e de tratamento
  • Intervenção clínica: desenvolvimento e análise de intervenções clínicas de caráter preventivo, educacional, curativo e de reabilitação, que promovam a saúde nos diferentes ambientes, tais como: hospitais, clínicas, ambulatórios, consultórios, casas asilares, academias, estúdios.
  • Políticas públicas em saúde: promoção de saúde e qualidade de vida; atenção a grupos de pessoas com necessidades especiais; atenção à mulher e à criança; atenção ao jovem e ao adolescente; atenção à terceira idade; formação de recursos humanos e gestores de políticas públicas de saúde; cooperação interinstitucional e internacional na área de saúde; desenvolvimento do sistema de saúde; segurança no trabalho; políticas de prevenção da dependência química; ética em saúde.
  • Instrumentos e protocolos de avaliação em saúde: construção e/ou validação de instrumentos de pesquisa para serem utilizados nas diversas áreas da saúde.
  • Estudos epidemiológicos: que propiciem suporte à tomada de decisão na implantação de intervenções nas áreas de fisioterapia ocupacional, desportiva, gerontologia e saúde pública.

Tipos de contribuições:

  • Artigos originais de pesquisa: Resultado de pesquisas científicas apresentando dados originais com relação a aspectos experimentais ou observacionais, em estudos com animais ou seres humanos, que incluem análise descritiva e/ou inferência de dados próprios.
  • Estudos de casos: Apresentam dados descritivos de casos clínicos/ terapêuticos com características semelhantes, focalizando relatos de casos não usuais (patologias raras, tratamentos científicos não convencionais com resultados satisfatórios ou evoluções inesperadas). Deve-se apresentar características do perfil do indivíduo estudado e dados relacionados à raridade e relevância do caso estudado.
  • Artigos de revisão da literatura: Trabalhos que expõem criticamente o estado atual do conhecimento em alguma temática da área de saúde, contendo análise, síntese e avaliação de artigos originais já publicados em revistas científicas.